Thursday, January 14, 2010

Razões para Escrever


© Origem desconhecida – retrato de soldado em “shellshock”




Souto, Casa, madrugada e depois tarde de 14 de Janeiro de 2010



A filantropia como negócio investido de uma moral.
O Eldorado da solidão bem gerida a partir de dentro.
A subespécie humana do capitalismo.
Os pobres.
O alegado socialismo do comunismo do capitalismo do socialismo.
A eternidade feita borboleta.
O ciclo de vida das tabernas familiares.
As linhas de abastecimento, uma vez fixadas as testas-de-ponte.
O rio.
Os pinheiros apontados ao firmamento como mísseis.

Isto tem a ver com um vazamento.
Dito de outra maneira: por ser vernícomo em pleno Inverno.
Efusão, euforia quase, tanto liter’atar.
Maneira de correr os dias mesmo paradamente.
Truque para viajar também.

No comments: