Sunday, January 24, 2010

P.C.C.C.E.C.


© Henri Cartier-Bresson – Xangai, 1949





Souto, tarde de 24 de Janeiro de 2010



Cavaleiros crepusculares anunciam as destruições humanas em curso
São assassinos poentes a soldo da selvajaria institucional
POR CRISTO COM CRISTO EM CRISTO
Apreciável indiferença mana dos televisores dos cafés rurais e urbanos
As pequenas vidas querem lá saber de lagoas apodrecidas ou de genocídios
A branca capelinha alvejando ao alto da colinazinha é q.b. de metafísica
Os brancos os pretos os ruços os ciganos os gays os contabilistas tudo é gente
POR CRISTO COM CRISTO EM CRISTO
A puta da religião putifica fartamente a já natural estupidez da espécie
400 milhões de totós com turbante vão-se ajoelhar ao pé do calhau cúbico
Aqui na parvónia os chinelos de borracha fluorescente pedestram pa’ Fátima
O empregozito na secretaria a quinzenazita no Algarve
A moralidadezita do pintorzeco de garagem
A divorciada que se mete a escrever versos na internet
O malcasado que se mete a escrever versos na internet
Muito verso da porra há na porra da internet
POR CRISTO COM CRISTO EM CRISTO
A password é Cristo o hardware é um calhau por cérebro
Cavaleiros crepusculares de fiat-uno cagam as ruas todas de lixo mental
Não haver maneira de mandar tudo e todos de vez à puta-que-os-
Em-má-hora-pariu
POR CRISTO COM CRISTO EM CRISTO

1 comment:

Maria said...

Amen. Muito bom.
Gracita