Wednesday, July 27, 2005

Roubo


Eu andava no ano 2001 à tona da luz.
Tive de ir a uma aldeia reportar uma questiúncula de direitos reais em torno de um muro divisório de terras.
A caminho, este campo viole(n)tou-me de cor e salteado(r).
Roubei-lhe a luz, meti-lhe a cor e a disposição dentro da máquina fotográfica.
Fui à questão do muro, vi o muro, falei com algumas pessoas, voltei para o jornal e escrevi uma coisa esquecível e esquecida.
Mas guardei a foto para o futuro.
Parece que é tempo de devolvê-la ao passado.
Aqui fica.
Eu continuo.


Foto: Vale do Freixo, Pombal, 2001
Texto: Tondela, noitinha de 27 de Julho de 2005

No comments: