Friday, July 22, 2005

A Churrasqueira


Iço: como a um peso, os pesos que pegaste. Falo de não teres tido tu quem te lavasse a roupa, emprestado para sopa e meio frango na churrasqueira onde te disfarcei de Art Garfunkel na 'Noite de Homens-Cantores', osso de frango etc..
Passei por lá. Modernizaram aquilo. Já não é o V de mármore de balcão de pobres. A comida ainda é barata, só tu não, mais caro me ficas cada vez mais, meu caro.











Imagem: © Chema Madoz
Texto: Pombal, 26 de Janeiro de 2005

No comments: