Thursday, March 12, 2009

Três Dias

6 de Julho de 2008

(Ambas as mãos sobre a mesa, nenhuma das duas escrevendo, vais ter de me ler a partir dos olhos ambos, que ao ar atiro como pombas de concurso de tiro, como estrelas de concurso de tiro.)

9 de Julho de 2008

A corola solar abre para baixo a descomunal flor do mundo.
Fora de brincadeiras, a vida parece-me um caso sério.
Passa a flor Maria do Rosário, mulher da flor senhor Edmundo.
Humano jardim colectivo, do berço ao necrotério.

12 de Março de 2009

Se hoje fizer sol, hoje não chove.
Oxalá que o faça de manhã.
Se fizer sol, Rimsky-Korsakov.
Se chover, então Chopin.




No comments: