Sunday, September 10, 2006

Arte a Sério

9 comments:

Paula Raposo said...

Não gosto mesmo nada da fotografia, ou escultura, ou o que seja.

daniel abrunheiro said...
This comment has been removed by a blog administrator.
daniel abrunheiro said...

Tenho curiosidade em saber por que motivo não gostaste, Paula.

Fanette said...

Do meu ponto de vista e como prova de arte a fotografia é muito Sensual e Maternal. Como tudo na vida a diferença sobre os mais diversos assuntos está em quem olha e como olha. Não discuto.
Gostaria também de saber da razão da Paula.

Paula Raposo said...

É como aquelas coisas que se olham e gostam-se ou não e nem sabemos bem porquê! Não gosto de tudo. Nem da figura que representa a mulher, talvez o cabelo seja o que me saltou à vista, nem das crianças que se aproximam, mas nem estão perto ainda...Às vezes olho para pessoas ou coisas e não gosto à partida. Explicar porquê, nem sempre é possível. A vocês nunca vos acontece??!! Espero ter satisfeito a vossa curiosidade.

daniel abrunheiro said...

Curiosidade satisfeita, Paula.

Paulo G. Trilho Prudencio said...

Como compreendo a Paula. Aliás, a arte e as suas definições. Observar ou interpretar? Ou as duas coisas ao mesmo tempo. Esta imagem, sem deixar de ser bela, cria um imediato sentimento de repulsa: observando ou interpretando.

Fanette said...

Paulo:
a Arte: escultura, pintura, música, poesia… é “uma realidade abstracta” e não “uma realidade tangível”.
O belo nunca provoca a repulsa mas sim a harmonia. Vai ver que observando melhor chegará a uma melhor interpretação.
Não faça jus de “trilho prudencio”.

Paulo G. Trilho Prudencio said...

Fanntte:

Eu disse isso mesmo mas com uma conclusão diiferente. O belo pode ser terrível - rilke -.
Acrescento: com a necessária prudência e tentando não pré-definir os trilhos. Tenta-se.
Obrigado.