Sunday, September 13, 2009

Na Zona Industrial da Formiga, Pombal, Me Encontrei, Adusto, em Narração

Pombal, manhã de 10 de Setembro de 2009



Graça que me couber da linguagem,
deixá-la quero pronta a esquecimento.
Que na manhã nova siga viagem
imagem mui de humor e parlamento.

Da pedregosa cabra, a imitação
alpinar eu desejo em poesia.
Da ríspida manhã à noite fria,
favorável me seja a moção.

Comova eu velhinhas e crianças.
Em danças me repitam elas, belas,
de prata os cabelos finas tranças,
versos de encanecidas cinderelas.

Parei um pouco e pensei nesse amor de e por amigos que leva um homem a estar vivo à flor da corrente. Um cavalheiro da minha idade vi bocejando, os olhos marejados de água azul-pálida. Senti uma espécie de felicidade só partilhável em literatura - ei-vo-la. Liberei-me, uma outra vez na vida, às grandes torrentes da água verbal. Desde que me reconheço, elas são que me reportam. Não evito a ingente sensação de autofraude: se me enganei sem porquê - e em verso.

Acintosa maquia cardiológica
remunera meu vivo quotidiano.
Assim tem sido ano após ano,
pena nem tenho que não seja lógico.

É a beleza disto que me tange. Um homem ali, perto dos seus sessentas: cabelo em escova argentina, olho verde-pálido, braços florestados de cabelo igual ao da cabeça, perfil romano-austral, por assim dizer. Concorre ao meu coração a linha próxima candidata: escrevo.

Retira da tristeza o licor
que dessedenta a triste condição.
Em vão não se ame a si o mesmo amor:
em vão não seja em vão, o amor não.

Isto cresce. É uma manhã civil. Nasceu pardacenta, luz de caixa-de-sapatos. Esta, como ontem, de dentro, pusilânime, a força. Estes avisos, que não apelos, à navegação. Força e trevas e muito amor e banditismo lírico. Marcas de carrinhas e placas pintadas:

Meo, Dominar Formas, Cofragens Machado & Filhos, Alvibot, Melis, Aruncauto, Briarte, Pombus, PassaFerro, CTT Correios, Tenco, DDO Ovoprodutos, InfrAlarme, Ripa, Profinter, Domingos & Contente, João Melo Alvim, 7 Cênt. Para Todas as Redes, JardiCentro, Blinker, TerNacio, Narciso Mota, Transdev, Elis Regina em Janeiro de 82 Termina, Mojito, Talho O Rato, ImporJan, Regresso às Aulas, Café, 85-97-SG-01-09, Luís Ser, HelloKitty, Ferragens do Marquês, ADP, LubriSol,

(isto entretanto passa-se no século XXI)

(os heróis do trabalho é que são heróis)

RUPTURA E MUDANÇA - SIM, É POSSÍVEL UMA VIDA MELHOR - CDU, 48-48-GS-96-05, Viatel, Aliança Velha, Trigger Cardoso, ManPorto-SIKA, TFD Distribuição e Logística, PlácidoCar, CaptainMyCaptain, Parqueadora Pombalense Pavimentos Flutuantes, Carvolum-SM Resinas, VellTrans, Chronopost International, Loja das Lareiras Sistemas de Aquecimento Ecológicos,

de modo que a vida é a mor Licenciatura em Letras.

Empobor. FS. EcoPower. 9530VG94. Parque Industrial Manuel da Mota. Padaria da Estrada - Transporte e Venda de Pão. 55%. M. Caffecel.
Secilongo.
Óptica Lourenço.
IRP.
ADAC.
4x4.
Ad Loca.
Infecta.
SoMato.
GAM.
Manuel da Silva Gonçalves.
Rr.
VilaCargo Distribuição.
Mitsubishi.
90-CC-92-06-09.
Luso.
Corpo Presente.
Juan Ramón Jiménez.
Roca (ex-Madalena).
Sumol + Compal.
Água Serra da Estrela do que a Serra Tem de Melhor.
Gasóleo Vermelho para Aquecimento.
Regresso à Jaulas.
ValorLis.
Azevedo & Albuquerque Equipamentos Gráficos.
Roldão & Preciosa & Filhos Contentores.
TP Galucho.
RinTinTin & Lassie & Filhos.
C.
Würth.
Bianco.
Gettysburg.
DenverWear.
Gody.
Pedras.
SojaGado.
ArgoConstrutora.
Cantera Meninos.
Festa das Vindimas.

(Séculos XXI-XIX-IX-X-I.)

Opel.

Ela vai de Opel. Montada a caminho - ou em caminha montada. Grácil ainda um pouco da pele das pernas, onde luz a brônzea tíbia de radiador solar. Zona Industrial da Formiga, Pombal, Manhã de Dez. Setembro, 2009.

Liberação e atenção. A Argentina do Mundial-1978, a Escuela Mecánica de la Armada: as Mães sem Filhos em Nome do Pai Videla. Graça que me couber.





No comments: