Sunday, December 27, 2009

Europas – 1


© Amedeo Modigliani





Souto, Casa, 27 de Dezembro de 2oo9







Berlin, 1927, Walter Ruttmann. Homens de cinza, mulheres de prata, crianças de mercúrio. Halt! Hier!



Pedacitos de papel entre cotão nos bolsos do fonometrista Alfred Eric Leslie Satie (também Virginie Lebeau e/ou François de Paule) por Paris.



Uma senhora houve de nome Adelaide Pastor, mas não era ele nem Walter R., teria a ver com algo amoroso na vida de João Baptista da Silva Leitão, mais tarde de Almeida Garrett, a sul da Europa.



Halt! Hier!



Em Manchester, o cancro de cimento (Stephen Morris dixit), a barafunda labiríntica das fábricas, a saída pelo lado da ilusória Divisão Alegria, senhor Ian Curtis. E a terra arqueando-se até Burnley, não?



E a Stevie Nicks e os pássaros terapêuticos de Rhiannon: acreditar nestas fábulas contra a realidade e o resto e o rosto do mundo.



Outro Eric, o Clapton, e aquilo do filho: e não haver céu senão pela música: Rhiannon, última paragem.



Cidades com veias de água expostas ao céu de cartão.



Índices de pedra romana, o sal da identidade colectiva na língua individual.



Friedrich Dürrenmatt, mas também Alfred Döblin – e como não o asceta Louis-Ferdinand Céline? E o Óscar Lopes e o Eduardo Lourenço, é claro.



Como é claro que Ruttmann não poderia ter filmado o Muro que não havia – e que deixou de haver a partir do equívoco de Günter Schabowsky: uma peça doble para a História do Dominó, isto é, da(s) Europa(s).



Ou então e também: 15 de Abril de 1989 em Hillsborough, a casa do Sheffield Wednesday F.C., meia-final da Taça de Inglaterra entre Liverpool e Nottingham Forest. Mortos, 96. Esmagamento, multidão em pânico. O casal Hicks perdeu as duas filhas de uma só vez. Nomes para essa trag’istória:







John Alfred Anderson (62)



Colin Mark Ashcroft (19)



James Gary Aspinall (18)



Kester Roger Marcus Ball (16)



Gerard Bernard Patrick Baron (67)



Simon Bell (17)



Barry Sidney Bennett (26)



David John Benson (22)



David William Birtle (22)



Tony Bland (22)



Paul David Brady (21)



Andrew Mark Brookes (26)



Carl Brown (18)



David Steven Brown (25)



Henry Thomas Burke (47)



Peter Andrew Burkett (24)



Paul William Carlile (19)



Raymond Thomas Chapman (50)



Gary Christopher Church (19)



Joseph Clark (29)



Paul Clark (18)



Gary Collins (22)



Stephen Paul Copoc (20)



Tracey Elizabeth Cox (23)



James Philip Delaney (19)



Christopher Barry Devonside (18)



Christopher Edwards (29)



Vincent Michael Fitzsimmons (34)



Thomas Steven Fox (21)



Jon-Paul Gilhooley (10)



Barry Glover (27)



Ian Thomas Glover (20)



Derrick George Godwin (24)



Roy Harry Hamilton (34)



Philip Hammond (14)



Eric Hankin (33)



Gary Harrison (27)



Stephen Francis Harrison (31)



Peter Andrew Harrison (15)



David Hawley (39)



James Robert Hennessy (29)



Paul Anthony Hewitson (26)



Carl Darren Hewitt (17)



Nicholas Michael Hewitt (16)



Sarah Louise Hicks (19)



Victoria Jane Hicks (15)



Gordon Rodney Horn (20)



Arthur Horrocks (41)



Thomas Howard (39)



Thomas Anthony Howard (14)



Eric George Hughes (42)



Alan Johnston (29)



Christine Anne Jones (27)



Gary Philip Jones (18)



Richard Jones (25)



Nicholas Peter Joynes (27)



Anthony Peter Kelly (29)



Michael David Kelly (38)



Carl David Lewis (18)



David William Mather (19)



Brian Christopher Mathews (38)



Francis Joseph McAllister (27)



John McBrien (18)



Marion Hazel McCabe (21)



Joseph Daniel McCarthy (21)



Peter McDonnell (21)



Alan McGlone (28)



Keith McGrath (17)



Paul Brian Murray (14)



Lee Nicol (14)



Stephen Francis O'Neill (17)



Jonathon Owens (18)



William Roy Pemberton (23)



Carl William Rimmer (21)



David George Rimmer (38)



Graham John Roberts (24)



Steven Joseph Robinson (17)



Henry Charles Rogers (17)



Colin Andrew Hugh William Sefton (23)



Inger Shah (38)



Paula Ann Smith (26)



Adam Edward Spearritt (14)



Philip John Steele (15)



David Leonard Thomas (23)



Patrik John Thompson (35)



Peter Reuben Thompson (30)



Stuart Paul William Thompson (17)



Peter Francis Tootle (21)



Christopher James Traynor (26)



Martin Kevin Traynor (16)



Kevin Tyrrell (15)



Colin Wafer (19)



Ian David Whelan (19)



Martin Kenneth Wild (29)



Kevin Daniel Williams (15)



Graham John Wright (17) .







Duas décadas sem estas pessoas. Também isto é Europa, não só um dos satélites de Júpiter. A propósito, reter a consternação verdadeira do jogador nº 8 dos Reds, John Alridge.



Entro aqui para contribuir com alguns mortos naturais da minha vida:







Fernando Pratas



Ernesto Lucas



João Manuel Arcanjo Dias



Caniço do Bairro de Nossa Senhora de Fátima



Elias Rodrigues Faro



Armando José Oliveira



Guilherme Pais



Acácio Buto



Maria da Luz da Relvinha / Bairro do Brinca



Né Coruja



Tónio Torres



Armando Torres



e outras e outros, todas e todos europeus.







Almeida Garrett separara-se há muito de Luísa Midosi. Não se conhece mulher ao filho de Cristóvão Vieira Ravasco e de Maria de Azevedo, o senhor Padre António Vieira, cultor maior da língua portuguesa, apesar de ter estado no Brasil. Os dias correm rios, entretanto. As noites acercam-se como lonas. Pratas e diamantes coruscam os céus. Quatro décadas mais dois anos se passaram sobre o momento em que sai da portuense Tipografia Nunes, ao nº 57 da Rua José Falcão, para a Portugália Editora, a tiragem de Novos Temas, Velhos Temas, do incontornável João Gaspar Simões. A epígrafe é do também incontornável biografista Sainte-Beuve – e a lista de plumitivos abordados é, no mínimo, atraentíssima:







Somerset Maugham



André Gide



Marcel Proust



Paul Valéry



T. S. Eliot



Pirandello



Ernest-Robert Curtius



Franz Kafka



Camus



Dostoievsky



Tolstoi



Thomas Mann



Goethe



Chaplin



Jean-Paul Sartre



Bernard Shaw



Georges Bernanos



R.-M. Albérès



Ionesco



Valle-Inclán



Henry Fielding



Stendhal



Balzac



Flaubert



Irmãs Brontë



Henry James



Anthony Trollope



G. M. Hopkins



Edgar Poe



Arthur Rimbaud



Samuel Butler



Laurence Sterne



Machado de Assis



Jane Austen



Boswell



Gomes de Amorim



Lewis Carroll



Tchekov



e outros mortos-vivos.







Uma vela pequena arde sobre a pedra do lar. É uma presença viva, memorial dela, vela, mesma. A chávena que serviu café está vã. Restos de bolos povoam a mesa baixa. O domingo escoa-se. O calendário é fluvial. Rãs tiritam em charcos remotos. As Europas acumulam-se nas casas, nas aldeias, nas azinhagas derradeiras. O húngaro Sándor Márai, mas também o grego André Kedros, o eslovaco Ivan Kadlečík e o sueco Carl Grimberg.



Nomes, números, anos – o Rio Europa.



Lá em cima, Modigliani. A memória ajuda a pintar, ou seja – a falsificar. No fundo, está a sobrevivência, esse instinto matador. Anos-nomes, gente, desastres, luminosas solidões, o domingo, a Quadrilha de Bonnot, o Ecce Homo à Nietzsche, o tenebroso diário final de Simenon, pelo menos tão perturbador quanto o da Woolf, os nossos cultistas e conceptistas de Seiscentos, gongorismos a dar com um pau, o milagre camoniano, as finais da Taça de Inglaterra, o Malmö Fotbollförening a partir do dia 24 de Fevereiro de 1910, ’inda por cá era a monarquia, Corfu filtrada por Le Carré, mas não só, não apenas, como também tantos poetas visuais europeus compendiados em 1977 por Josep M. Figueres e Manuel de Seabra para a Editorial Futura, a saber:







Aberásturi



Luca Alinari



António Aragão



Arias Missoni



Mirella Bentivoglio



Vicenç Bonàs



Pepe Bornoy



Jean François Bory



Antonio L. Bouza



Joan Brossa



R. Canais-Guilera



Mary Carmen de Celis



Henri Chopin



Hans Clavin



Liberto Cruz



Herman Damen



Vimala Devi



Reinhard Döhl



Samuel Feijóo



Ferro Ferro



Josep M. Figueres



Michael Gibbs



Antonio Gómez



Klaus Groh



Gabriel Guasch



Ana Hatherly



Werner Hebst



J. Iglésias del Marquet



Juanjo



Carmen Kuhn



Diego Lara



Alfonso López Gradolí



Lotta Continua



Pedro M. Lucía



Peter Mayer



E. M. de Melo e Castro



Santiago Mercado



Teresa Mialet



Eugenio Miccini



Ramon Miravitlles



Luciano Ori



Ignacio Pérez Piño



Michele Perfetti



Silvestre Pestana



Lamberto Pignotti



Francisco Pino



Fabio de Poli



Pere Queralt



Joan Rabascall



Katty la Rocca



Arsenio Ruiz



Joaquim Sala i Sanahuja



Saltés



Sarenco



Manuel de Seabra



Klaus Staek



A. Tàpies-Barba



Miroljub Todorovic



Karel Trinkewitz



José-Miguel Ullán



Timm Ulrichs



Jirí Valoch



Guillem Viladot



Paul de Vree



Jan Wojnar



e



Zabala



e quantos vivos mais e mais quantos mortos?







As gatas assimilam da lareira o lume, de vez em quando assaltam mansamente a cozinha, as horas frutificam jogos de sombras, os vizinhos são ruidosos, dá vontade de lhes bater na cabeça com um pau crivado de pregos, o remédio é pôr um disco a rodar com os auscultadores escoltando a cabeça, não pode ser.



Fotografias por toda a casa por toda a vida toda a Europa.

Halt! Hier!



No comments: