Sunday, January 04, 2009

Cinco Mínimas

Casa, Souto, tarde de 4 de Janeiro de 2009





No cimo,
o pássaro
de guarda
à árvore.

*

A mão
em concha
eleva
o mar.

*

A cara,
areia por dentro:
o tempo.

*

Uma
rosa:
todas.

*

Uma árvore
guarda
todos
os pássaros.

1 comment:

Rui said...

Quais mínimas, quais quê. Maximérrimas!