Saturday, December 27, 2008

Para o Almanaque Futuro

© Sandra Bernardo
Alqueidão da Serra, Porto de Mós,
21 de Dezembro de 2008








Casa, Souto, noite de 27 de Dezembro de 2008





E a cada um sua sombra
e a cada sombra cada um.

Vidro movediço, a água dos dias
deita janelas ao ar frio, quieto.

Um almanaque futuro espera
a súmula incontável, chã.

Patas de aranha escrevendo
versos picotados sobre cal?

Cada palavra, cada precisão,
cada fortuna, cada sombra.

1 comment:

fj said...

tudo muito bom, o texto e a foto. devia ser proibido jogar em duplas nos blogues, batoteiro!