Tuesday, October 04, 2005

Sonho do Anjo

O anjo quebrado pelo raio arrasta a miséria pelo picoto do monte.
Chove o rescaldo da tempestade eléctrica.
O piroliteiro estremece de vento.
É o único arbust'abrigo.
Ali se filtra a chuva tensa.
O anjo lesionado acolhe-se a ele.
Pica a face cor-de-rosa nos espinhos verdes.
Ele adormece.
O anjo adormece.
Sonha que voa.



Este anjo é para o meu irmão Zé Daniel,
que hoje, 4, completa 57 anos.
Botulho, noite de 3 de Outubro de 2005

1 comment:

Sandra Feliciano said...

Que giro. Bem próximo do meu coração, há quem hoje complete 53.

É uma simples coincidência, eu sei, mas não deixo de lhe encontrar uma certa ternura...