Thursday, February 17, 2011

Ideário de Coimbra - 109 (fragmento 4)

Agora é no Bairro Norton de Matos, antigo Marechal Carmona. Alui-se a luz, penedia matinal que coruscante c(h)egou a ser, em matina. Pátina agora breve e esmae-esvae-desvanecida. Autocarros plenos de pobre gente com cinco euros e o passe SMTUC na carteira. Quase tudo gente militante & peregrina da bienal/juliana Procissão da Rainha Santa (anos pares). O Alexandre, já velho de 58, com joanetes desde os 22. O Ismael, que chegou a ser júnior do basquetebol do Sport Conimbricense em 70 & qualquer coisa, aliás pouca. O Graciano, cuja mulher a gente sabe. Cadáveres respiratórios, múmias aeróbicas, silhuetas de fotografias de dêvêdês de celebridade por causa de tão pouca coisa como haver nascido.

No comments: