Monday, September 24, 2007

Caras de Bacalhau etc.


Tenho-me divertido sozinho com isto, mas agora é altura de o partilhar convosco.
A exemplo do que de vez em quando fazem os meus amigos do Tapor num Porco (http://www.tapornumporco.blogspot.com/), vou publicar aqui uma lista de palavras.
É uma lista muito especial. Para mim, vale como um poema que não tive de escrever. Mas primeiro, uma ligeira explicação:
tenho um contador estatístico no Canil. Conta visitas, indica proveniências (sistemas, países etc.). Mas não só. Também indica os visitantes que aqui vieram parar (por pouco tempo, suponho) ao acaso. "Ao acaso", aliás, mais ou menos. São pessoas que accionaram os respectivos motores de busca (o Google, p. ex.) com palavras-chaves. É uma das mais estonteantes lotarias da rede: a busca de sítios por poucas palavras. Algumas dessas palavras são um encanto. Outras, bem, nem sei que lhes chame. Reuni algumas: são um poema. Prometo voltar a fazer isto. Diverti-me como há muito me não acontecia. Bons-dias para todos, regulares e googleiros.
................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................
para que serve o abrunheiro
poemas de baratas com desenhos
espíritas na Figueira da Foz
viagens solteiros e descasados
mota de tres rodas zundape
velhas putas 60 ans
lolita cafeteira de fogão
rota dos laranjais
reclamos luminosos para padaria
portugal fotos sanatorios antes de 1974
leiloes cabras serpentina
poemas de agradecimento
José Antunes Ribeiro
"anjos urbanos" cabelo
versos sobre arvores
susanas nuas
loucuras de bicicleta
casa de cachaça na argentina
santa margarida pintada
sangue na neve de georges simenon resumo
licor de framboesa da avo
cavalo cumendo equa
como cozer panelas ferro antigas ferrugem
comercios de pássaros
cantor de repetes
versos com pessegueiro
tipas nuas
protagonismo em escrita na lingua estrangeira
poemas e versos para casais
animais com missangas
poemas para um amigo atletismo
caras de bacalhau
..............................................................................................................................................................................................................................................................................................
PS (salvo seja...): a fotografia foi tirada no pátio de um amigo meu, certo dia (6 de Julho de 2007) que lá fui merendar. Só espero que os motores de busca, por exemplo da Finlândia, não chamem calções a uma coisa que se vê logo ser cueca.

9 comments:

José Antunes Ribeiro said...

José Antunes Ribeiro, aqui presente!...
Um abraço, Daniel!

Filipe said...

Olá amigo. Tomei a liberdade de eleger o meu "Top 5":
1º - Para que serve o abrunheiro
2º - Tipas nuas
3º - Mota de tres rodas zundape
4º - Poemas de baratas com desenhos
5º - Cavalo cumendo equa

abraço.

Daniel Abrunheiro said...

Abraço, amigo Zé.
Filipe: prometo voltar a esta carga das palavras de busca. É um mundo.

RC said...

Cá está, de novo: é para isto que serve o Abrunheiro.

LM,paris said...

Olà amigo daniel,
obrigada pla palavrinha no fim de semana !
Olhe é fantàstico, uma pessoa faz coisas às vezes...hà uns anos pra
cà e jà sao muitos, escrevo aquilo a que chamo:
" Frases com titulos", nao posso escrever tantos livros...nem sei, entao escrevo os titulos...
estava a pensar pedir-lhe pra me "vender"..." poemas de baratas com desenhos" e uma frase do seu ultimo poema" quando nao escrevo como sopa em silêncio", e agora dou com esta lista magnifica...!
Ok, a gente nunca inventa nada nao é?
Se quiserem vao ao meu blog e talvez se riam daqueles titulos!!!
estam là pràs mensagens antigas.
Adorei, perolas destas sao incompareis!Merci daniel!
um beijinho de paris com chuva e frio...LM.
ps: o caras de bacalhau està na minha lista!!!

abelhaferrona said...

É a primeira vez que entro no seu blog e deparei-me com uma escrita muito interessante. O primeiro post faz-me lembrar 2 meses de viagens diárias entre Coimbra-Viseu e Viseu-Coimbra, que loucura aquela IP3, é pior que ir ao ginásio e exprimentar as máquinas todas, os musculos ficam hirtos. Adorava na ida, logo de manhã, tipo 7h, ali na livraria do Mondego o nevoeiro, nem um palminho de estrada se via, desporto radical mesmo. Mas, tem o seu lado positivo, pelo menos para mim teve, fez-me pensar mais no valor de cada vida.
Agora adorei este post das palavras, e já agoro pergunto, se é impressão minha ou se no anuncio dos yogurts, não me lembra a marca creio que é adagio, passo a publicidade, são aqueles que misturam doce com pimenta, gengibre e mais qualquer coisa, no último eles escrevem, contém cóco ananás e pimenta, será que coco agora é cóco? Estou baralhada, já fui ao dicionário e ele diz que o fruto do coqueiro é o coco, será que contém mesmo cóco??????
Abraço
Abelhaferrona

Daniel Abrunheiro said...

Cara Abelha Ferrona, a língua portuguesa anda como anda Portugal: pelas vielas da amargura. Na TV e em todo o lado, nem é cóco nem coco. É cocó. Enfim. Volte sempre.

abelhaferrona said...

É verdade, agora a melhor prenda para um jovem é um dicionário (credenciado) de português/português. A palavra como aparece na TV é mesmo cóco, que não quer dizer nada, se calhar terá a ver com o sabor do yogurt, a nada.
Obrigado pela resposta, e irei aparecendo sim
Abelhaferrona

LM,paris said...

daniel, isto està cada vez melhor!!!
noix de coco ici chers amis!!!força pra mais, faz muito bem aos zigomates!!!
beijinhos de Paris a chover!
LM