Wednesday, August 25, 2010

IDEÁRIO DE COIMBRA - podografias de retorno – 15 - fragmento 6


© Roy DeCarava - Man coming up subway stairs (1952)


Tenho ainda tempo para fruir o que, brisa, lambe de ar quase frio a pele exposta. Entre comedores de farinha cozida e sacarose, derivo sem sair do sítio por territórios de todo mentais. Penso numa locução que me dirigiu, uma vez, o GFM:

– Faz como gostas, gosta mesmo que não faças.

Feito, não feito, gostado, degustado, desgostado – tanta coisas por um corpo, por uma doença de sentimento, por uma exasperada (e exasperante, reconheço-o) sensibilidade. Agora eu já não faço mal. Já não causo.

No comments: