Thursday, October 11, 2007

Prece, Apesar de Tudo - n'O Eco (Pombal)

A partir de hoje, 5ª feira, 11 de Outubro de 2007, nas edições em papel e online d'O Eco (www.oeco.pt), mais uma crónica da série Pedra e Hulha.

.....
Prece, Apesar de Tudo

Não acredito em Deus, atitude que Ele me retribui largamente. Se for o caso de eu estar enganado, tenho pela frente uma eternidade pouco simpática. Se o engano, porém, for dEle, então está justificado que crianças de apenas 11 anos sofram de leucemia. É o que acontece, presentemente, a um menino do concelho de Tondela. Vou contar a história, que é publicamente edificante e pessoalmente grata.
Todos os dias boto faladura directa num programa nocturno de rádio. Digo umas coisas, ponho uns discos a tocar, faço companhia a gente que não conheço mas que aprendi a estimar pela gentileza e pela paciência. Gentileza dela, paciência dela.
Na semana passada, um documento chegou ao estúdio. Era a situação desse menino em perigo de vida. Só podia fazer o que fiz: durante duas noites, alertei o auditório para a recolha de sangue que iria ter lugar no posto de turismo de Tondela, no domingo, 7 de Outubro, entre as nove da manhã e a hora de almoço. De Coimbra, viria um corpo clínico voluntário para atender os dadores. A ideia médica era tentar encontrar uma medula compatível com o metabolismo do menino doente. Aconteceu então, nesse domingo de boa memória, uma coisa muito formosa: foram cerca de 550 pessoas a responder sim ao pedido. De Coimbra só tinham vindo cerca de 300 “kits” de recolha, o que obrigou a recorrer aos “stocks” dos hospitais de Tondela e de Viseu.
Falta agora saber se alguma daquelas 550 boas pessoas é compatível. Todos esperamos que sim. Até o Senhor espera que sim, julgo eu.
É nesta vida terrena que o humano deve corrigir o divino, não o contrário. O único “milagre” em que acredito já aconteceu: 550 vezes. O outro em que quero acreditar é que aquele menino chegue a homem antigo.
Deus queira que sim.

3 comments:

LM,paris said...

Olà daniel, pois, tantos milages à espera de salvar o menino. Vai acontecer, é uma historia que dà novamente pra acrdiatr nao em Deus, se calhar,mas na solidariadade.
Ficamos todos a rezar, aqueles que sabem ...força com a prece!
Beijinhos,
diga depois o que aconteceu,
bonne nuit, LM

José Antunes Ribeiro said...

Daniel, tudo isso dá sentido à nossa vida...Espero que o menino se salve na terra!...
Um grande abraço!

Manuel da Mata said...

O verdadeiro milagre já aconteceu: Blimunda recolheu as vontades. O outro far-se-á, pois tantas foram as vontades.
Deus manter-se-á em silêncio, como sempre esteve e nunca deixará de estar. E o melhor é não contar com Ele.
Que nos valham os 500 que deram o seu sangue na convicção de uma possível compatibilidade.

Que o menino se faça homem e antigo.