Wednesday, September 17, 2008

Crónica nº 69 n' O Ribatejo - www.oribatejo.pt

Tudo ligado, tudo ligado

O Sporting confirmou terça-feira, em Barcelona, o mau momento da economia portuguesa: a perder por dois, atreveu-se a esboçar um pálido sinal de recuperação, que os catalães “recompensaram” com três na pá. A culpa da crise económica e social não é, claro que não, do Paulo Bento. Lenços brancos são bons para o santuário de Fátima, não para as bancadas do Camp Nou nem para as alvaláxias da nossa mediocridade. É deixar, portanto, o rapaz em paz, que faz o mesmo que o Carlos Queiroz e por muito menos “pastel”. O que me preocupa são outras coisas, as quais, como todas as preocupações, se emaranham num novelo de causa-efeito que a tudo justapõe mas a nada põe justo. Exemplos, já a seguir a este curto intervalo.

Aquela histeria toda da falência do banco norte-americano por causa da deslocação do Benfica a Paços de Ferreira. O Graça Moura a desejar fervorosamente que o McCain faça a cama ao Obama enquanto o Bloco de Esquerda não sei quê casamentos de homens com homens e mulheres também não com homens. Moita Flores a dizer que “temos de enfrentar a criminalidade” e nós sem saber se aquele “nós” é connosco – e de que lado da pistola. Petah Tikva, cidade-satélite de Telavive, em Israel, que anda a analisar o ADN do cocó dos cães feito nas ruas para saber quem são os donos: suspeito que só os cães palestinianos serão abatidos. O Bloco de Esquerda a exigir o controlo governamental dos preços dos combustíveis, mas depois a vir com aquilo dos casamentos não sei quê. O senhor presidente da República a comparar a poesia e a figura de Manuel Alegre às de Camões e de Pessoa, quando nem o padre Melícias se arrogaria (digo eu…) a ser enfileirado na orla dos padres Cruz e Américo. A portuguesíssima razão inversa dos megajulgamentos com as micropenas tornada proporcional e directa com os processos sumários de despedimento colectivo. Os canhões de Navarone, a ponte sobre o rio Kwai, o cabelo do Miguel Veloso e a barriga do Rochemback.

Eu acho que isto anda tudo ligado. Sobretudo a avaliar por aquilo não sei quê do Bloco de Esquerda.

No comments: