Sunday, February 17, 2013

Ontem, em viagem


NOITE DA LEIRIA À CHARNECA (POMBAL)

16/II/2013, domingo

Fevereiro. Um carro muito amarelo na noite da estação gasolineira. Folhetos volantes de igrejas prometend’anunciando manás brasileiros, de clínicas dentárias, de desperdícios a brilhar de novos. Os anos dando nos elementos – e o terror de que tudo dê sono, apenas sono. Nem rejeição nem nada mais – senão um bocejo mal acordado ante o que os faróis despem sem acordar: o stand de usados com bandeiras murchas entre pinhais apagados, o bar-restaurante aberto 24 sobre 24 à beira da rodovia sem trânsito desde que abriram a circunvalação variante, a Lua, até a Lua, que a nublação encerrou na torre como mal comportada infanta.

No comments: