Wednesday, March 28, 2012

LIGAÇÃO À MEDUSA - 23 (fragmento 3)

Toca-me o outono seus digitais damascos,
vigoro na penumbra minhas estrelícias.
Sim, tu sabes, mui tenho andado por tascos
que, por baratos, são de ladrões e polícias.

Dois terços da vida, quem mos da/di/ria,
atenta a permilagem salazarista?
Eu, que nem era p’ra vir a ser artista,
artista vim de noite & dia.

Tonal, outonal e coisital, o vivo lume
abranda, insular, a insolação.
Isto é tudo obra de perfume.
Obra tudo, ora, de coração.

No comments: